Avianca, Azul, Gol e Tam se uniram contra o que chamam de “retrocesso na popularização do uso do avião” e, a partir desta quinta-feira, passam a exibir em seus voos uma campanha contra os “problemas estruturais” e o “alto custo operacional” das companhias aéreas. É uma reação, afirmam as empresas, à alta carga tributária e à elevação do dólar. A campanha chama-se #querovoar.

Nas peças, as companhias aéreas dizem que os tributos e as taxas a que estão sujeitas limitam a produtividade e causam impacto direto nos preços das passagens, para cima, óbvio. Reclamam, ainda, do combustível de aviação, que aqui, garantem elas, tem um dos preços mais altos do mundo.

Outro tema abordado na campanha está a alta do dólar que, segundo as empresas, afeta em 60% os custos das aéreas. Para além das aeronaves, a peça da campanha será exibida na internet por meio da página da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear).

Comente :